sexta-feira, 25 de julho de 2014

O pirralho


Sabe aquelas dias em que você perde o dia inteiro no Facebook? 

Bem, eu não faço mais isso, mas quando eu fazia...

Eu tenho uma história estranha sobre um dia desses. 

Era um sábado. Nada de anormal. Perdendo o meu tempo o dia todo. Pensando como seria legal ter alguém pra transar. Não curtindo nada do que via na rede. Ai aparece uma caixinha de mensagem no meu navegador. 

- Quer um boquete?

Minha reação:

- kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Isso sou eu demonstrando meu espanto de uma forma bastante expressiva.

- E ai, quer ou não quer?

Espera um pouco. 

Analisando o perfil. 13 anos. Não sei como as outras pessoas estão classificando as faixas etárias, mas pra mim é uma criança. Passo.

- Acho que você está falando com a pessoa errada. Não sou disso.

- Tá bom.

Até que é bastante educado esse pirralho. 

- Não é da minha conta, mas sabe, acho que você devia sair dessa. 

Falei mais alguma coisa que não me lembro, tentando ajudar o menino. 

Ele respondeu de forma curta, como antes. Provavelmente estava mandando outras mensagens pra outros caras. 

Pensei mais um pouco e lembrei que ele tinha me adicionado faz alguns dias. Procurei amigos me comum, mas nenhum era próximo. Em outra ocasião perguntei de onde eu conhecia ele, mas ele não me conhecia. 

Fiquei com a impressão ruim sobre esse ocorrido. Tentei pensar em uma forma de ajudar o menino. Mas não arranjando boquetes pra ele fazer, que fique claro. Não sei direito como poderia ajudar, só achei que aquela conversa curta era o indicio de que tinha algo muito errado acontecendo. Mas naquela época provavelmente eu precisava de tanta ajuda quanto ele. 

O irônico disso é que realmente eu estava em um daqueles dias em que a carne fica mais fraca e você pensa em sexo frequentemente. Descobri nesse dia que os meus princípios são mais fortes do que eu julgava até então. 

Pedofilia não dá!

6 Cochichos atrás da porta:

Ro Fers disse...

Caraca! To pasmo...
Que garoto sem noção, que de inocente não tem nada...
Se nesta idade já tem esse fogo e vive atirando pra todo lado, prefiro nem imaginar daqui alguns anos.
Pior que conselhos são dispensáveis pelo mesmo, a vida ensina.

É isso aí, pedofilia não... Opções é o que não faltam por aí.

Anônimo disse...

Bem saliemte esse piá, hein? Kkkkkk caraca!

Homem, Homossexual e Pai disse...

principios quem tem , tem! não importa a idade, o tesão ou seja lá o q for... parabens!

Beatriz disse...

Ah,esses jovens pervertidos '~'

M. Horn disse...

Princípios, coisa que o 'novinho' ai não tinha, não é?!

Marcelo Dantas disse...

Rs - Eu com 13 anos ainda brincava de carrinho, nem sabia direito o significado de algumas palavras, inocente mesmo. Hoje em dia, é possível achar garotos de 13anos sabendo de coisas que eu só fiquei sabendo depois dos 20anos.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...