domingo, 11 de novembro de 2012

As cartas que eu não mando #1

Em uma madrugada fria.

As cartas que eu não mando #1

Para Minha única exceção

Quando me dei conta que estava apaixonado a primeira coisa que veio a minha mente foi “Tô fudido!”. De todas as pessoas porque justo você? Ai me dei conta de que a pergunta certa seria “E porque não você?”.

Na verdade você era a única verdadeira opção. E eu só acreditei realmente quando a possibilidade da perda me tomou. Fui chicoteado com a certeza que eu não queria, não poderia aquentar te perder.

Mas como eu vou lidar com isso eu ainda não sei. Não tenho ideia do que fazer. Estou sem chão.

Ainda nem te falei todas aquelas coisas que eu deveria. Tinha planejado tudo, mas me faltou coragem. Agora quem é o covarde sou eu. Sou mesmo um idiota. Vou dormir e ver se esqueço tudo amanhã.

Fim.

3 Cochichos atrás da porta:

Joel Vieira disse...

Cara você está apaixonado! Que sentimento lindo e assustador ao mesmo tempo. Mas se achar que vale a pena investir e que pode dar certo, não tenha medo de meter a cara e ver o que acontece, afinal você só vai saber se vai dar certo se tentar.

Abraço

Marcelo Dantas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Dantas disse...

"Quando me dei conta que estava apaixonado a primeira coisa que veio a minha mente foi “Tô fudido!”. De todas as pessoas porque justo você? Ai me dei conta de que a pergunta certa seria 'E porque não você?' ". - Essa foram as palavras que veio em minha mente. rsrs - hoje tenho a certeza que fiz um certa escolha. Gostei da postagens. Abraços.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...