sábado, 14 de julho de 2012

Um Sábado Qualquer


Depois de assistir mais um filme sozinho vou para o meu quarto e me jogo na cama. Me agarro ao que estiver ao alcance. Enquanto abraço os meus travesseiros e cobertas, me bate uma carência. Mais que isso, fico morrendo de vontade de ter alguém ali para transar. 


Cenas de sexo passam a toda hora na minha cabeça. Em alguns momentos estou com mulheres outras com homens e mais algumas com os dois. Acabo dormindo depois de algum tempo. 

Os sonhos veem carregados de conselhos sobre minha vida. Talvez eu deva mesmo contar para meus amigos sobre o que eu gosto na cama, mesmo achando que isso não é da conta deles. O sonho me diz que a reação deles vai ser boa.

Quando acordo não me lembro de nenhum sonho com sexo. Droga! Eu adoro sonhos sexuais, mesmo que às vezes tenha o inconveniente de acordar com a cueca suja. Lembro que isso nunca mais aconteceu. Talvez os maiores picos hormonais que eu vou ter na vida já estejam passando e eu desperdicei todo esse tempo sem fazer sexo. 



Preciso de mais algum tempo para me lembrar de que as coisas não são assim tão fáceis. Eu não escolhi conscientemente, mas de uma forma ou de outra, foi minha decisão estar virgem até hoje. 

Levanto e vou procurar pornografia na internet. Depois que já tiver gozado, essas ideias desagradáveis irão passar da minha cabeça e eu vou poder ficar um tempo tranquilo. 

4 Cochichos atrás da porta:

Luciano Lysert Scroll disse...

Nossa... Foi quase como se vc tivesse me descrito. Cada uma das fase\descrições lembraram-me algumas das minhas noites "problemáticas" rs(e lendo o q vc escreveu no espaço Sobre Mim e me senti mais parecido ainda). Será algo estranho se sentir reconfortado em saber que mais alguém se sente sozinho desta maneira?

Sam Peregrine disse...

Acho que não Luciano.
Eu fico feliz que tenha gostado do texto e mais feliz ainda por se sentir reconfortado com ele. Também fico contente por ter achado alguém que entenda minhas loucuras rs.

Anônimo disse...

Cara... eu descobri o seu blog hoje e simplesmente amei! Eu sou só um adolescente bobo, mas eu simplesmente me identifiquei com muitas coisas q você disse (nesse e em muitos outros posts).
Hoje, você ganhou um fiel leitor ^^

Sam Peregrine disse...

Obrigado Anônimo,
eu adoro saber que as pessoas gostam do que escrevo. É isso que me incentiva a escrever mais!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...