sábado, 23 de junho de 2012

Regras de Banheiro


Eu detesto banheiro público. Bem, acho que ninguém gosta.

Evito ao máximo usar qualquer que seja o banheiro que não seja o da minha própria casa. O problema é que com essa vida corrida que eu tenho, passando o dia inteiro fora de casa, fica impossível fugir desses lugares. Pois isso eu desenvolvi algumas regras pessoais para o uso de banheiros que estão em locais públicos.

É na faculdade que eu passo muito mais tempo que em qualquer outro lugar, então é lá que eu mais uso o banheiro. Dou graças, pois o banheiro de lá é bem mais limpo que a média dos banheiros públicos, apesar da grande movimentação de gente no local. O grande problema dele, e da maioria dos banheiros públicos, é a terrível falta de papel higiênico. Parece que as pessoas pegam os rolos pra levar para casa, pois se você chega logo pela manhã e vai lá, tem papel, mas se você for uns quinze minutos depois, já era!, não encontra nada. Não que eu costume fazer o “número dois” lá, mas sempre passo o maior aperto quando estava gripado e não achava papel para assoar. É um saco. Fico imaginando se no banheiro feminino é do mesmo jeito, pois elas precisam com muito mais frequência que nós homens.


Banheiro de shopping também pode até ser é aceitável, mas podem surgir muitas situações constrangedoras, como em outros locais, devido o grande número de pessoas que circulam no local.

Banheiros de festas no geral são bem sujinhos. Evito, por mais que isso seja quase impossível, a não ser que evite também beber.

Banheiros químicos ou de locais muito movimentados onde não há higienização constante, nunca. Nem em outra vida.

Algumas outras regras que tenho são:

Só procurar um banheiro público quando souber que vai demorar para chegar em casa.

Se entrar em um banheiro e ele for nojento sair imediatamente sem tocar em nada. Testar os limites do meu corpo até achar um banheiro aceitável.

Levar sempre um pouco de papel higiênico na mochila (essa ideia eu roubei das minhas amigas).

Segurar o número dois o máximo de tempo possível até chegar em casa. Só quando isso não for mais possível procurar um banheiro público. Na faculdade ir para o banheiro mais afastado possível e com pouca movimentação.

0 Cochichos atrás da porta:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...